24 de dezembro de 2010

Usiminas doa 51 toneladas de alimentos para entidades da Baixada Sanista

Mais de 51 toneladas de alimentos não-perecíveis serão doados pela Usiminas para 200 entidades assistenciais da Baixada Santista neste fim de ano. Os alimentos foram arrecadados pelos empregados da Usina de Cubatão e empresas parceiras durante a Campanha Natal Solidário, realizada tradicionalmente em todas as unidades do grupo. A entrega simbólica das doações ocorreu em evento realizado na siderúrgica na sexta-feira (17). Uma das entidades atendidas, a associação de educação ambiental Cubatão de Bem com o Mangue entregará os alimentos para as famílias mais necessitadas, que ao longo do ano passaram por uma avaliação de condições financeiras, ou famílias que se enquadram em uma fila de prioridades por possuir desempregados. “Nós não conseguimos ajudar o próximo sozinho, por isso, esse é um ato de grande relevância”, afirmou o presidente da associação, Sebastião Ribeiro do Nascimento, conhecido como Zumbi, que atua na Vila Esperança, em Cubatão. Além da presença dos representantes das entidades beneficiadas, a solenidade também contou com a participação especial dos alunos do Projeto Cubatão Sinfonia, patrocinado pela Usiminas por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, que emocionaram o público com músicas como o Tema da Vitória e Noite Feliz. A participação dos empregados também foi reconhecida durante o evento com a entrega do Troféu Solidariedade, uma homenagem aos departamentos e empresas parceiras que conseguem as maiores arrecadações de alimentos.

“Apoiamos e incentivamos anualmente essa ação, que é um momento de grande solidariedade entre todos os empregados. A campanha é muito especial para todos nós, quando temos a oportunidade de agradecer às entidades que se dedicam continuamente às causas sociais,” afirmou o diretor da Usina de Cubatão, José Erasmo Andrade Pereira. Após a entrega simbólica dos alimentos, foi realizado um culto ecumênico, marcando as comemorações de Natal entre os empregados e a comunidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário