10 de dezembro de 2010

Legislativo catarinense aprova exigência do diploma para jornalista

              A Assembleia Legislativa de Santa Catarina aprovou nesta quarta-feira (8) o Projeto de Lei nº 63/10, do deputado Kennedy Nunes (PP), que estabelece exigências para provimento de cargos de jornalista no âmbito da Administração Pública estadual direta e indireta. A matéria foi respalda pelo voto de 25 parlamentares. "O provimento de cargos de jornalista, efetivos ou em comissão, na esfera da administração pública estadual, direta e indireta, em todos os poderes, deverá observar a exigência de apresentação de diploma de formação superior específica", estabelece o texto aprovado.
              A matéria segue agora para sanção do governador.Sérgio Murillo de Andrade, diretor de Relações Institucionais da FENAJ comemorou a decisão. "É mais um estado onde o Legislativo reconhece que a exigência do diploma qualifica a profissão", disse. Murillo informou que já fez contato com o autor do projeto, que é jornalista, parabenizando-o pela iniciativa e colocando a FENAJ à disposição para buscar agendar uma audiência com o governador Leonel Pavan (PSDB/SC).

Fonte: http://www.ojornalista.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário