29 de agosto de 2010

Inscrições para o 5º Festival de Curtas-Metragens da AXN

              
            Estão abertas até 30 de setembro as inscrições para a 5ª edição do festival de curtas-metragens AXN Film Festival 2010. O evento estimula a democratização e valorização do audiovisual voltado para a TV por Assinatura e promove um intercâmbio entre as produções latino-americanas. Neste ano, os 10 finalistas selecionados terão a oportunidade de exibir suas criações para mais de 32 milhões de olhares em toda a América Latina e também terão o privilégio de ter seus curtas avaliados por grandes personalidades da elite da arte e do cinema latino-americano. Além disso, os diretores dos três melhores curtas-metragens receberão importantes prêmios em dinheiro, sendo que o primeiro lugar leva dez mil dólares e ainda uma super câmera HDV Sony. Desde sua criação, em 2006, já foram recebidos mais de 2.000 curtas-metragens inscritos nas quatro edições do festival. O número se torna ainda mais expressivo por representar obras de extrema qualidade que receberam o aval de um corpo de jurados formado pelos principais profissionais da America Latina.


Para inscrever o curta basta acessar o site www.axnfilmfestival.com e torcer!

Fonte: Comunicação AXN

24 de agosto de 2010

Congresso reafirma decisão de não sindicalizar não diplomados

                A defesa do Jornalismo como essencial à democracia e dos jornalistas como categoria fundamental para garantir o direito da sociedade à informação marcaram o 34º Congresso Nacional dos Jornalistas, realizado de 18 a 22 de agosto em Porto Alegre (RS). Destacaram-se entre as resoluções as lutas pela aprovação das PECs dos Jornalistas, pela democratização da comunicação, criação do Conselho Federal dos Jornalistas e por uma nova e democrática Lei de Imprensa, além da manutenção da decisão de não sindicalizar não diplomados. A nova diretoria da FENAJ, presidida por Celso Schröder, tomou posse no evento.Durante os três dias de debates, painéis e miniconferências abordaram temas como o Jornalismo como necessidade social e a conjuntura nacional, a política e os conflitos sociais na América Latina, a desregulamentação das profissões no Brasil, a defesa da profissão de Jornalista e o ensino do Jornalismo, novas tecnologias e direitos autorais. Houve, também, oficinas sobre gênero, raça e etnia e encontros para tratar da organização internacional da categoria, particularmente na perspectiva dos jornalistas latinoamericanos e dos países que falam a língua portuguesa.
               Já em três plenárias deliberativas foram aprovadas dezenas de propostas que compõem o Plano de Lutas da Federação Nacional dos Jornalistas para o próximo período. Dentre elas destaca-se a luta pela restituição do diploma de curso superior de Jornalismo como requisito para o exercício da profissão, com mais mobilizações pela aprovação das Propostas de Emenda Constitucional que tramitam na Câmara dos Deputados e no Senado com este objetivo. Este será, também, o centro de um Termo de Compromisso que as entidades sindicais dos jornalistas encaminharão aos candidatos à Presidência da República e aos governos estaduais com as principais reivindicações da categoria. Também compões eixos centrais do plano de ação da FENAJ para o próximo triênio as lutas pela democratização da comunicação com a implementação das resoluções da 1ª Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), pela aprovação de uma nova e democrática Lei de Imprensa, pela criação do Conselho de Comunicação Social e do Conselho Federal de Jornalistas (CFJ) e pela definição de um piso salarial e contrato coletivo nacional para os jornalistas.

                                                           Um não à picaretagem

               O 34º Congresso Nacional dos Jornalistas aprovou, também, a manutenção da decisão de não sindicalizar e não emitir carteiras para não diplomados. Uma comissão formada por representantes dos sindicatos da categoria e da FENAJ sistematizará, até março de 2011, propostas de enfrentamento dos problemas surgidos após a fatídica decisão do STF de extinguir com a exigência do diploma para o exercício da profissão, particularmente quanto ao registro profissional. No sábado (21/08), ao final dos trabalhos, houve solenidade de entrega da Comenda de Honra da FENAJ aos jornalistas Nilson Lage e Daniel Herz (in memorian) e a posse das diretorias recém eleitas do Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Sul e da FENAJ, presididas respectivamente por José Nunes e Celso Schröder. Os trabalhos do Congresso de Porto Alegre foram encerrados ontem (22), com reunião da nova direção da FENAJ.

Fonte: Site O Jornalista (http://www.ojornalista.com.br/)

14 de agosto de 2010

Greenpeace protesta em São Paulo contra vazamento da BP

                Desde o início do vazamento de óleo nos Estados Unidos, o escritório do Greenpeace no país acompanha de perto o desastre, apoiado por outros escritórios da organização pelo mundo. Na semana passada, foi a vez do Greenpeace Brasil se manifestar contra a atuação da BP.
Ativistas do Greenpeace simularam um vazamento de óleo em frente ao escritório do grupo BP em São Paulo. O protesto criticou o desastre ambiental provocado pela explosão de uma plataforma de petróleo da empresa no Golfo do México. Criticou também os riscos de continuar a investir em energias fósseis - o que demanda ir cada vez mais longe e mais fundo para encontrá-lo. A ação simulou um derramamento de óleo utilizando quatro barris cheios com uma substância preta - mistura de farinha com tinta não tóxica e lavável - onde foram jogados bichos marinhos de pelúcia, em referência à fauna ameaçada no Golfo. Uma placa que dizia “BP hoje, pré-sal amanhã” foi afixada para pontuar os perigos de se explorar petróleo em alto mar. Atualmente, essa tecnologia é inédita e os riscos de acidentes a 7 metros de profundidade são imprevisíveis.

Empresa que desmata dá tiro no pé...


           Em 25 de março, pedimos apoio para que a Nestlé parasse de comprar óleo de dendê da Sinar Mas para produzir seus chocolates, como o Kit Kat. A Sinar Mas desmata florestas tropicais na Indonésia para plantar dendezeiras. Encurralada, a empresa contratou uma auditoria para tentar contradizer nossos dados. O resultado, no entanto, mostra justamente que eles ainda deixam seus rastros de destruição na floresta.

Fonte: http://www.greenpeace.org.br/

Inscrições para o Projeto “Criando Moda”

                 O Projeto “Criando Moda” está com inscrições abertas até o dia 21/08 que podem ser feitas toda sexta-feira das 14h às 16 h na sede da Terceira Idade Grupo Lazer e Cidadania - GLC ou entrando em contato pelo orkut da Mila (ver link abaixo). O curso abordará os seguintes tópicos: pesquisa de moda, desenho de croqui, desenho no corel draw e desenvolvimento de coleção. O curso é uma iniciativa da direção do GLC em conjunto com a designer de moda, Mila Kobayashi Kosta, e é inteiramente gratuito sendo o material a ser utilizado fruto de doações. A preferência nas inscrições serão para meninas ou meninos em idade escolar.O Grupo Lazer e Cidadania fica na Praça Coronel Joaquim Montenegro,s/nº no Largo do Sapo ao lado do Teatro do Kaos.



Orkut Mila:

(http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=18156196754640375092)

5 de agosto de 2010

PEC dos Jornalistas só deve voltar à pauta em setembro

              Saiu da pauta. Ainda não foi desta vez que o Senado votou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 033/09, que restabelece a exigência do diploma de curso superior em Comunicação Social para o exercício daprofissão de jornalista no Brasil. A Proposta deve voltar à pauta do Senado no início do próximo mês de setembro.
               Pedido de retirada. Os senadores Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) e Inácio Arruda (PCdoB-CE), respectivamente autor e relator da PEC, pediram a retirada a matéria da pauta, na noite de ontem (04/08), devido à insuficiência de um número seguro de senadores favoráveis à proposta no Plenário. A PEC deve ser novamente incluída na pauta do novo esforço concentrado do Senado, que está previsto para ocorrer no início de setembro, embora possa ser antecipado.

                                                           Mobilização

                As entidades de defesa dos jornalistas estão prometendo uma forte mobilização, para acompanhar a tramitação da matéria e a posição de cada senador e ou suplente em exercício no cargo.

Fonte: Site – O Jornalista (www.ojornalista.com.br)

O Santos é de novo campeão

 
              2010 se tornou um ano inesquecível para o Santos Futebol Clube e a sua nova geração de jogadores mesclados com veteranos de grande qualidade. O Santos é de novo campeão, dessa vez foi o título inédito da Copa do Brasil, mas de novo perdeu o último jogo. A postura do time que o levou a derrota que mesmo assim lhe valeu o título foi uma clara opção do treinador depois do time ter perdido a chance de golear o adversário no primeiro jogo na Vila Belmiro.
              Dorival preferiu fazer a equipe jogar no desespero do time do Vitória que precisava de um placar de 3 gols de vantagem para ficar com a taça, ou repetir os 2 a 0 sofridos em Santos, para levar a decisão às penalidades. Nem uma coisa e nem outra, pois mesmo com um futebol pragmático o time dos novos meninos da Vila conseguiu sair na frente do placar com o zagueirão Edu Dracena, que tem provado que é pé-quente, pois tem a chance de conseguir pela segunda vez a sua tríplice coroa. Já havia conquistado esse feito em 2003 jogando pelo Cruzeiro do meia Alex e de Wanderley Luxembugo, hoje no Atlético Mineiro.
               O valente e aguerrido time do Vitória do goleiro artilheiro, Viafra, conseguiu virar o placar e fazer 2 a 1, mas não foi o suficiente para tirar a taça do time do menino-craque Neymar, que terminou como artilheiro da competição com 11 gols. Santos da revelação Paulo Henrique Ganso que foi descoberto por outro saudoso ídolo santista, Geovanni, seu conterrâneo e de um animador de elenco, Robinho, que não foi campeão do mundo com a seleção de Dunga, mas ergueu a taça do título inédito do Santos de campeão da Copa do Brasil, como capitão santista, mesmo como um coadjuvante de luxo. Esse time que também teve o versátil Wesley ( um ex-atacante que virou meia-volante-lateral), o lateral Pará e a também revelação, o centroavante André, que vai jogar na Rússia como destaques e não podemos esquecer do ousado técnico, Dorival Júnior e da estrela do novo presidente santista, Luiz Álvaro. Agora quem dá bola é o Santos. O Santos é de novo campeão.

3 de agosto de 2010

XI Jornada de Saúde e Espiritualidade do GEME

               O Grupo de Estudos de Medicina e Espiritismo – GEME promoverá no próximo dia 16 de agosto das 18:30 h às 22 h na Universidade Santa Cecília – UniSanta, a XI Jornada de Saúde e Espiritualidade. A coordenação é do vice-presidente da AME – Santos, Dr. Fernando Guimarães. O evento contará com os palestrantes Sérgio Felipe de Oliveira e Flávio Braun Fiorda. Oliveira discorrerá sobre o tema “Fisiologia e Fisiopatologia dos Estados de Transe” e Fiorda abordará a “Depressão e Transtorno do Pânico em Associação com Aspectos Espirituais”.
               As inscrições podem ser feitas no local ou por email, o valor da taxa é de R$ 10,00 para estudantes e sócios da DAAVC e R$ 12,00 para os demais. Outras informações através do email: jornadasaudeespiritualidade@yahoo.com.br . A Universidade Santa Cecília fica na Rua Cesário Mota, 8 no Bairro do Boqueirão em Santos.

PROGRAMAÇÃO:

18h30 - Recepção dos participantes

19h -20h15 - Palestra: "Fisiologia e Fisiopatologia dos Estado de Transe" - Dr. Sergio Felipe de Oliveira

20h15 - 20h30 - Coffee Break

20h30 - 21h45 - Palestra: "Depressão e Transtorno do Pânico em Associação com Aspectos Espirituais" - Dr. Flávio Braun Fiorda

21h45 - 22h - Debate e Encerramento

Fonte: claure3@uol.com.br

1 de agosto de 2010

Adeus Chapéu de Sol

          Chapéu de Sol ou Pé de Cuca seja lá como é conhecida essa árvore de grande utilidade, pois nos dias ensolarados ela nos proporcionava uma deliciosa sombra que acabava se transformando num ponto de encontro para as pessoas baterem aquele papo, sem falar no fruto também conhecido como cuca, que além de ter a casca comestível também se pode comer a noz. Essas linhas iniciais só foram para ilustrar a informação que o majestoso “Chapéu de Sol” que havia próximo a minha residência na Rua 7 de Setembro entre as Ruas São João e Monte Castelo no Bairro da Vila Nova em Cubatão teve que ser derrubado, pois as suas imensas raízes já estavam ameaçando a estrutura da casa que fica no terreno onde se localizava o gigantesco Chapéu de Sol, o que foi motivo de tristeza pra muitos, mas ao mesmo tempo de alívio pelo risco que ele oferecia ao imóvel, a imensa quantidade de folhas que ele espalhava indo parar na sarjeta e por muitas vezes entupindo o bueiro e também das frutas que amadureciam e caíam de uma hora pra outra atingindo os veículos parados assim como os transeuntes.
                 Esse gigante, pois média tranquilamente de 5 a 6 m de altura, merece todas as homenagens possíveis pois dava um charme a mais à quadra, sendo que a sua sombra chegava a passar até o outro lado da rua, transformando a frente da casa do finado Seu Romeu o local preferido para os motoristas estacionarem os seus veículos. A operação exigiu o uso de um caminhão com plataforma elevatória daqueles que são utilizados pelos funcionários da Companhia de Trânsito quando têm que arrumar os semáforos, pois se tratava de uma árvore bem alta como já frisamos. Toda essa operação atraiu vários curiosos, principalmente pelo barulho da motoserra, inclusive eu que sou metido à ambientalista, mas que não pude fazer nada pra salvar o majestoso Chapéu de Sol, que pra piorar fiquei sabendo que houve reclamação por escrito ao órgão competente da Prefeitura, de um dos vizinhos de que a árvore estava sujando o seu quintal com as suas folhas. Soube também através da minha irmã que é mais bem relacionada com a vizinhança que eu, que o Chapéu de Sol havia sido plantado pela já falecida esposa Seu Romeu, o que deve ter aumentado mais ainda o pesar dos filhos que tiveram que tomar essa triste mais acertada decisão. Lembro-me que na minha infância já morei em casas com majestosas árvores, aliás morei numa onde havia também um Chapéu de Sol na Rua Dom Pedro I (Rua 3) e que também teve que ser derrubado. Embaixo a esse Chapéu de Sol se reuniauma turma de amigos que mais tarde ficara conhecida como “R-3” e até hoje os mais novos mantém esse nome, principalmente através do time de futebol. Salvem os Chapéis de Sol, pois Natureza é vida.