15 de março de 2011

Assembleia de SC analisará veto a projeto que exige diploma

               A Assembleia Legislativa de Santa Catarina aprovou no final do ano passado o Projeto de Lei nº 63/10, de autoria do deputado Kennedy Nunes (PP), que estabelece exigências para provimento de cargos de jornalista no âmbito da Administração Pública estadual direta e indireta. Segundo o parlamentar, a proposta tende a tornar obrigatório o diploma de curso superior para atuar na atividade de jornalista na esfera pública estadual, com objetivo de tornar o profissional da área mais qualificado. A proposta acabou vetada pelo governador Raimundo Colombo. Amanhã (15/03), os deputados devem apreciar o veto. A expectativa é que ele seja derrubado e a exigência transformada em lei em Santa Catarina.


Deputados apreciam veto

                O veto já entrou duas vezes na pauta de votação da Assembléia Legislativa e foi retirado pelo líder da bancada governista, Elizeu Matos. O Sindicato dos Jornalistas local convocou jornalistas, professores dos 16 cursos de jornalismo no estado, estudantes e apoiadores da regulamentação profissional e da formação superior para que estejam presentes na sessão do dia 15, que inicia às 14h. O Sindicato também pede a todos que continuem enviando e-mails aos deputados estaduais, defendendo o PL.

Maioria assumiu compromisso com os jornalistas

                 Os líderes das bancadas do DEM, PCdoB, PP, PPS, PDT, PTB e PT declararam que seus partidos apóiam o PL 63/2010, de autoria do deputado e jornalista Kennedy Nunes. No PSDB, Maurício Eskudlark, assim como os peemedebistas Aldo Schneider e Carlos Chiodini, abriu seu voto em defesa do Projeto de Lei, além do líder da bancada governista, Elizeu Matos (PMDB).  "Estamos confiantes de que a exigência do diploma seja uma realidade no serviço público estadual, em breve. Pois essa exigência, além do reconhecimento da profissão, traz à sociedade a garantia de um jornalismo de qualidade", afirmou o presidente do Sindicato dos Jornalistas de SC, Rubens Lunge.

Fonte: http://www.ojotnalista.com.br/




Nenhum comentário:

Postar um comentário