14 de janeiro de 2011

O Rio de Janeiro continua sendo...

                As imagens das áreas atingidas pelos delizamentos no Rio de Janeiro assombram a todos tamanha é a destruição e o número de vítimas que já ultrapassam quinhentas. História que se repete todo ano como já foi mostrado pelas TVs em reportagens passadas e até hoje as ocupações irregulares se faz presente. Os acontecimentos na região serrana do Rio de Janeiro, um dos estados mais importantes do país, futura sede das Olimpíadas e que irá abrigar parte da Copa do Mundo de 2014, nos leva a refletir sobre possíveis deslizamentos na nossa Serra do Mar, onde inúmeras famílias ainda residem e algumas resistem em serem removidas.
                Acredito que uma tragédia nessas proporções somadas as outras que já ocorreram é mais do que suficiente para que os governos entrem de cabeça num amplo projeto de habitações populares, para que se evitem novas ocupações irregulares. Sabemos que existem vários entraves para que tal projeto tenha êxito, como a baixa renda da população em geral e a corrupção dos nossos políticos que tem como prática comum o desvio de verba pública. Há também os interesses do mercado imobiliário, onde muitos políticos estão por trás e tentam impedir de todo modo que isso ocorra.
                É sabido que não é apenas a moradia que faz com que as pessoas fixem raízes e sim todo um processo sócio-econômico onde o emprego tem papel predominante. Direito a habitação, direito a saúde, direito ao emprego e a educação temos vários direitos previstos na nossa Constituição só temos que obrigar o poder público a fazer valer tais direitos pois não dá mais para ser testemunha ocular de tragédias humanas diante de uma incapacidade do estado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário